Hermes Trismegistus, 367

Nosso Símbolo

Por Fabio Castilho 10 de maio, 2017 0

Nosso Símbolo

A maçonaria por ser simbólica, dialoga diretamente com a hermenêutica, e extrai dos símbolos significados que fogem do lugar comum, tal qual os artistas renascentistas, não esculpimos significados, trabalhamos com força e afinco de forma que eles se revelem àqueles que os queiram entender.

A flor da vida, encerra em si toda a história do universo, servindo ao mesmo tempo de fôrma e de matéria prima para que tudo aquilo que se manifesta.

Do plano mais denso, com toda a sua dicotomia entre o claro e o escuro, ergue-se o caduceu, verdadeiro canal de comunicação com o sutil. Para apoiar e equilibrar este canal, alternando suas posições entre os extremos, temos as contrapartes que se encontram e se completam, dissolvendo a densidade conforme sua escalada.

Como seres conscientes de nossa verdadeira vontade, temos a responsabilidade de sermos a fonte de luz que fornece energia para os mais diversos propósitos, e por isso não podemos nos esquecer de nossas sombras, que não devem servir de refúgio para nossas fraquezas, mas sim para nos lembrar da importância da luz e aguçar nossa criatividade.

A dualidade, quando combinada, dá origem a quatro elementos, que compõem tudo, desde o mais denso ao mais sutil dos entes. Estes elementos nos lembram ainda que sua combinação é mutável, e qual os ciclo das estações, tem seus extremos sobrepostos.

Hermes, o três vezes grande, influenciou muitas culturas, principalmente os pilares da civilização ocidental: Egito, Grécia e Roma. Todas estas culturas influenciaram diretamente a nossa forma de pensar, principalmente na forma como os conhecimentos foram transmitidos até chegarem aos dias atuais.

Toda emanação vem do alto, e se densifica e se altera conforme o contato com as emanações que estão abaixo de si. Porém, esta emanação não perde sua essência, e assim sendo, até o mais denso é imagem e semelhança do mais sutil, apenas em planos vibracionais diferentes.


0 Comentários

Deixe o seu comentário!